sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

natal




a Natureza recolhe-se
no olhAr agredido
das criaTuras omissas
desatadas dA vida
e no ardor das Lareiras
cintilam  brasas de esquecimento


alexandra, dez. 2010



9 comentários:

Maria João disse...

Alexandra

Quem se sente em harmonia com a natureza, também se recolhe. Não por ausência de esperança, mas pela recusa em ser indiferente!

Espero que o teu Natal tenha sido um momento de paz e harmonia, prenuncio de tudo o que te desejo para o Novo Ano.

Beijinhos, minha doce amiga

Virgínia do Carmo disse...

Alexandra, venho deixar-lhe votos de um excelente 2011. Que o novo ano possa ser de brasas vivas a acenderem uma sociedade cada vez mais humana...

Beijinhos

Nilson Barcelli disse...

E não temos feito mais nada do que agredir a natureza.
Mas ela vai destruir-nos...
Alexandra, querida amiga, desejo-te um 2011 cheio só de coisas muito boas.
Beijos.

Carol Bonando disse...

Olá, há muito tempo você não aparece no meu blog, sei que demoro para escrever, mas publiquei alguns textos e você não comentou nenhum... Aparece por lá, preciso de incentivos!!! kkk
Beijos carolbonando.blogspot.com

Maria João disse...

Alexandra

Há tanto tempo...

Que bom que foi ver-te lá, que bom que era poder continuar a ler-te!!

Obrigada por nunca te esqueceres. Acredita que eu também não!

Beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Gosto que me visites, mas gostava muito mais se publicasses de vez em quando.
Querida amiga, tudo de bom para ti.
Beijos.

António Gallobar disse...

Excelente como sempre, pleno de harmonia,

muitos parabens

Claire disse...

Querida, que bom te ler novamente. Por aqui as coisas andam cada vez melhor, heim?!:)
Andei meio parada mas reformulei o blog, dei um tempo no Cris Oliveira (http://cristiane-oliveira.blogspot.com) e comecei o Contos & Ficções: http://contoseficcoes.blogspot.com/ para ter mais liberdade de criação.
Te espero lá para conhecer a nova casa! Beijos!!

Carol Bonando disse...

este blog nao volta pq??? bjs